AmpeBr realiza Workshop e prepara empresas para exportação | Notícias | AMPE
AmpeBr realiza Workshop e prepara empresas para exportação
Evento contou com a participação de diversos representantes de empresas de Santa Catarina, com orientações sobre a venda de produtos para o mercado externo durante a 49ª Pronegócio

Com o objetivo de orientar e qualificar empresas da região de Brusque e de outros locais de Santa Catarina para estarem preparadas para negociações com compradores de outros países, interessados em adquirir os produtos de confecções brasileiros, a Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região (AmpeBr) realizou na tarde de quarta-feira, 3 de abril, o ‘Workshop para Exportação’. O evento, promovido pela entidade em parceria com o Sebrae/SC e as empresas de consultoria Father e Strategizers, reuniu mais de 50 empresas interessadas em exportarem seus produtos e abrir novas possibilidades de mercado. 

A maioria dos participantes do workshop estarão presentes na 49ª Pronegócio e na 2ª Rodada Internacional de Negócios, que acontecem nos dias 13 a 17 de maio, no Pavilhão da Fenarreco, em Brusque. Na oportunidade, além de compradores de todo o país, as empresas fabricantes participantes da rodada também poderão negociar com mais de 30 compradores de sete países da América do Sul e Central já confirmados para esta edição do evento. Assim, diferente da 1ª Rodada Internacional, realizada em novembro de 2018, desta vez a oportunidade de negociação será para todos os inscritos nesta 49ª edição do evento. 
“Estamos com esse projeto para a próxima rodada e para que isso aconteça temos que promover esse treinamento, além do acompanhamento que também será feito nos dias da Pronegócio. A AmpeBr está muito feliz em dar mais uma oportunidade diferenciada de vendas aos nossos associados e as micro e pequenas empresas do Estado. No mês de novembro tivemos 25 empresas fornecedoras daqui e 14 compradoras internacionais. A repercussão foi positiva, o número de interessados aumentou desta vez e com certeza quem participar desta edição de maio terá uma grande chance de exportar seus produtos por meio da Rodada Internacional”, ressalta o presidente da AmpeBr, Ademir José Jorge.  

Do preço ao tipo de produto
Assim, ao longo do workshop os participantes receberam informações e orientações de como adequar produtos, a necessidade de capacitação de pessoas que irão negociar com compradores estrangeiros, como escolher a melhor forma de pagamento, como promover os produtos, agilizar os processos, a logística de entrega, a importância de entender a cultura dos países que estarão na rodada, entre outros. 
O diretor da AmpeBr, Marco Ebele também destacou a importância da capacitação oferecida na oportunidade, já que para muitas o processo de exportação ainda era um sonho, mas que agora poderá se tornar realidade. “Muitas pequenas empresas nunca exportaram e aqui promovemos a oportunidade para o conhecimento básico desse processo, para que todas possam estar aptas a iniciar a venda de produtos para outros países. E para nós, da AmpeBr é gratificante vermos esse interesse, pois isso é associativismo. E o nosso trabalho é esse: dar suporte, incentivo, oportunidades e assessoria aos nossos associados para que eles possam se desenvolver, crescer e fomentar cada vez mais a economia local”, frisou. 

Interesse constante
O workshop foi ministrado pela diretora da Father, Scheyla Patrícia Pereira, empresa especialista em consultoria e assessoria para exportação, por demais profissionais que atuam na mesma, bem como pelo consultor em internacionalização de empresas e CEO da Strategizers Gestão Estratégica, Douglas Cândido. “Estamos bem entusiasmados, de promover as empresas da região de forma coletiva, e com o apoio da AmpeBr estamos conseguindo ter esse olhar voltado para Santa Catarina”, comentou Scheyla. Segundo ela, além da Argentina, países como Paraguai, Bolívia, Uruguai, Costa Rica, e compradores da Espanha também devem marcar presença  em Brusque, na 2ª Rodada Internacional. 
Para Cândido, após a primeira experiência no mês de novembro, este é um segundo e importante momento, principalmente em dar continuidade aos contatos já realizados, para que aos poucos as vendas possam ser perpetuadas a médio e longo prazo e se crie a confiança nas negociações. “Não podemos nos esquecer da preparação, já que a internacionalização é um processo constante, necessário em ter continuidade, e para isso é fundamental que as empresas estejam preparadas. As nossas expectativas também são as melhores e temos certeza que estamos no caminho certo, pois não conheço outras instituições no país que amparam o empresariado com ações tão efetivas como a AmpeBr faz, a exemplo desta”, completa.  

Galeria de fotos