Happy Hour marca o quarto dia de Pronegócio | Notícias | AMPE
Happy Hour marca o quarto dia de Pronegócio
Música ao vivo, petiscos e degustação de cervejas artesanais fazem parte da programação do evento

Já consolidado na programação da Pronegócio está o happy hour do evento, realizado sempre na noite de quinta-feira. Música ao vivo, petiscos e a degustação de cervejas artesanais fazem parte da programação, que reúne fornecedores, lojistas e convidados.

“É gratificante acompanhar esta confraternização. Temos cerca de 300 pessoas aqui no restaurante do Pavilhão da Fenarreco participando deste momento festivo. É hora de relaxar depois de quatro dias intensos de muito trabalho e, claro, aproveitar também a oportunidade para o network”, afirma o presidente da AmpeBr, Ademir José Jorge.

Uma das propostas do happy hour é recarregar as energias e buscar aquele fôlego a mais para superar metas e melhorar os resultados na sexta-feira, último dia de Pronegócio. “Muitas pessoas acabam aproveitando este momento também para o trabalho. Porém, o importante é estar proporcionando este bem-estar para os nossos compradores que chegam de tão longe, bem como para os representantes que trabalham muito e merecem”, completa Ademir.

A atração mais esperada do happy hour da Pronegócio é a degustação de cervejas artesanais, em uma parceria gentilmente firmada com o Núcleo de Cervejeiros Artesanais (Nucervarte) da AmpeBr. “Temos aqui a presença de 10 produtores de cervejas artesanais e, pelo menos, uns sete estilos disponíveis para degustação. A escolha foi trazer cervejas mais leves e refrescantes, que combinam com o verão”, explica o coordenador do Nucervarte, Cícero Klas.

Segundo ele, mais do que experimentar os variados sabores de cerveja, as pessoas que participam do happy hour estão interessadas na conversa e sentem curiosidade para entender mais sobre o processo, as receitas e a própria cultura da região. “Os clientes ficam encantados ao conhecer algumas de nossas peculiaridades. A Pronegócio presenteia os lojistas com este evento do qual nosso Nucervarte sente grande satisfação em fazer parte”, pontua Cícero.

 

Satisfação

O clima era de alegria durante o happy hour da 48ª Pronegócio. Boa música e variados petiscos, acompanhados por cervejas tão únicas pareciam ser a combinação perfeita para relaxar quem passou os últimos dias entre peças de roupas e formulários de pedidos.

Érico Schwanck era um dos lojistas que apreciava este merecido descanso. Vindo de Dom Pedro de Alcântara (RS), é a segunda vez que ele prestigia o evento. “Na minha cidade não temos a cultura da cerveja artesanal e é interessante ter a oportunidade de experimentar aqui, durante a Pronegócio”, destaca.

Edimar Silva, de Passo de Torres (SC) participa pela primeira vez da Pronegócio e ficou surpreso com a confraternização. “Finalizar o dia assim é perfeito. Não conheço a cerveja artesanal, é a primeira vez que estou degustando. Mas considero interessante esta proposta da AmpeBr em apresentar parte da cultura da cidade”, observa Edimar.

Carmem Naibar, de Sertão de Santana (RS), já participa a muitos anos da Pronegócio e também prestigiou o happy hour do evento. “Até aqui aparecem novas oportunidades de compras. Converso com um, troco cartão com outro e mais pedidos são feitos”, garante a lojista. 

Galeria de fotos